Benefícios do aleitamento materno

O leite materno é considerado o alimento mais importante durante os primeiros seis meses de vida dos bebês. Além de saciar a fome por conter todos os nutrientes que o neném precisa, como açúcar, gorduras e vitaminas, ele é responsável pela produção de anticorpos fundamentais para a saúde, pois ajuda a diminuir as chances de desenvolvimento de muitas doenças.

É importante ressaltar que em casos onde a mãe não pode amamentar, existem alternativas saudáveis e funcionais, como bancos de leite e fórmulas infantis em pó.

Segundo a Organização Mundial da Saúde e o Unicef (colocar UNICEF em maiúsculas), cerca de 6 milhões de vidas são salvas anualmente por causa do aumento das taxas de amamentação exclusiva. A criança pode se alimentar apenas do leite materno nos 6 primeiros meses de vida, não precisando comer ou beber mais nada (nem mesmo água ou chás).

Além disso, ainda existem muitos outros benefícios que o aleitamento materno traz, tanto para a criança quanto para a mãe.

Benefícios do aleitamento materno:

  • 1- Protege contra a leucemia: as crianças amamentadas por 6 meses ou mais, têm 20% menos chances de apresentarem leucemia;
  • 2- Reduz a má formação na dentição e tem efeito positivo na qualidade da mastigação em pré-escolares;
  • 3- Contribui para uma menor prevalência de sobrepeso, obesidade e diabetes tipo II;
  • 4- Na mamãe, diminui o risco de desenvolvimento de câncer de mama, ovário e endométrio, assim como o risco de diabetes tipo 2;
  • 5- Provoca um efeito positivo no vínculo e intimidade entre a mãe e o bebê, que se sentem instantaneamente conectados logo na primeira amamentação.

A Casa Ninho acredita que a conscientização sobre o assunto pode salvar vidas.

Compartilhe essa informação para que mais pessoas saibam da importância do aleitamento materno.